Jóias raras


Certo dia um homem caminhava pela praia numa noite de lua cheia. Caminhava e pensava:

“Se tivesse um carro novo, seria feliz”
“Se tivesse uma casa grande, seria feliz”
“Se tivesse um excelente trabalho, seria feliz”
“Se tivesse uma parceira perfeita, seria feliz”

Nesse momento, tropeçou em uma sacolinha cheia de pedras e começou a jogá-las uma a uma no mar cada vez que dizia: “Seria feliz se tivesse…” Assim o fez até que somente ficou com uma pedrinha na sacolinha, que decidiu guardá-la.

Ao chegar em casa percebeu que aquela pedrinha tratava-se de um diamante muito valioso. Você imagina quantos diamantes jogou ao mar sem parar para pensar?

Quantos de nós vivemos jogando nossos preciosos tesouros por estar esperando o que acreditamos ser perfeito ou sonhando e desejando o que não temos, sem dar valor ao que temos perto de nós. Olha ao teu redor, e, se parares para observar, perceberás quão afortunado és. Muito perto de ti está tua felicidade.

Observa a pedrinha, pois ela pode ser um diamante valioso.

Cada um de nossos dias pode ser considerado um diamante precioso, valioso e insubstituível. Depende de ti aproveitá-lo ou lançá-lo ao mar do esquecimento para nunca mais recuperá-lo.

Texto reproduzido do blog  Simples Coisas da Vida

Versículo do post: Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade.  (Filipenses 2:13)

2 comentários sobre “Jóias raras

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s